4.11.10

O Canto Amigo do Senhor



O Canto Amigo do Senhor

No seu canto amigo,
Sinto florir a natureza,
A semente no solo cresce e
Torna um tapete verde de esperança.
A flor que brota entre espinhos
Perfuma tudo ao seu redor
E ninguém se lembra
Dos seus espinhos protetores.


O charco se cobre de verde
E flores brancas perfumam,
Cercando o lodo de alvura.


Eu escuto seu canto amigo,
Senhor.
Porque o bem é cantiga de ninar a dor
O bem é sinfonia eterna de Amor.


Escuto seu canto na tarde mansa
E me sinto feliz, Senhor.


Seu canto é compreensível
Para todos os corações aflitos,
Para os corações alegres e felizes.


E na nudez que a solidão impõe,
Sinto seu canto de paz e amor chegar
Eu me quedo a pensar...
A pensar...


Psicografia de Shyrlene Soares Campos

Cecília Meireles
Espírito Cotovia Triste (Pseudônimo)


Fonte Livro "O Canto da Cotovia"

bjs,soninha

Nenhum comentário: