17.12.10

A CRIANÇA E DEUS



A Criança e Deus


Conta-se que um espírito, pronto para renascer, perguntou a Jesus:

Dizem-me que estarei sendo enviado à terra amanhã...tomarei um corpinho de criança e gostaria de saber como é que eu vou viver lá, sendo assim pequeno e indefeso?

E Jesus disse-lhe:

Entre muitos anjos, eu escolhi um especial para cuidar de você. Estará lhe esperando e tomará conta de você.

Mas o espírito ainda um pouco preocupado falou novamente com Jesus: diga-me, o que preciso fazer para ser feliz? Serei feliz lá?

E Jesus lhe respondeu: seu anjo cantará e sorrirá para você... A cada dia, a cada instante, você sentirá o amor do seu anjo e será feliz."

E como poderei entender quando falarem comigo, se eu não conheço a língua que os adultos falam?

Jesus o consolou dizendo:

Com muita paciência e carinho, seu anjo lhe ensinará a pronunciar as primeiras palavras e assim você reaprenderá a falar.

E como poderei andar, se minhas pernas serão frágeis e incapazes de sustentar o meu corpinho?

O Benfeitor acalmou-o:

Para sustentá-lo você terá os braços do seu anjo, que velará noite e dia por você.

E o espírito insiste: e o que farei quando quiser falar com o Senhor?

Jesus esclareceu com carinho: seu anjo lhe falará de mim e do nosso pai que é Deus, o Criador de todas as coisas, e lhe ensinará a entrar em contato comigo através da oração.

Eu ouvi dizer que na terra há homens maus. Quem me protegerá?

Seu anjo lhe defenderá mesmo que signifique arriscar sua própria vida.

Mas eu serei sempre triste porque eu não o verei mais por muito tempo.

Seu anjo sempre lhe falará sobre os meus ensinamentos, lhe ensinará a maneira de vir a mim, e eu estarei sempre com você.

Naquele momento havia muita confiança no coração daquela futura criança, e as vozes da terra já podiam ser ouvidas.

Nesse instante o espírito, apressado, fez sua última pergunta:

Oh Jesus, já estou pronto para ir agora, diga-me por favor o nome do meu anjo.

E Jesus, olhando-o com ternura respondeu: "você chamará seu anjo... de mãe!


Cabe à mulher, que tem a honra de receber os filhos de Deus para ajudá-los a evoluir, a nobre missão de conduzí-los ao Criador, ensinando-os a viver com dignidade e fé.

Cabe ao homem, que se faz pai, a responsabilidade de assumir a paternidade com sobriedade e honradez.

Cabe ao pai e à mãe, na condição de co-criadores com Deus, a grandiosa missão de elevar a humanidade aos altos planos da felicidade, tomando das mãos dos homens, ainda crianças, para que aprendam a trilhar os caminhos dos verdadeiros homens de bem.


Desconheço o autor

bjs,soninha


Nenhum comentário: