5.11.10

OS ANIMAIS CONFORME O ESPIRITISMO


Nesta obra, colocamos vários enunciados encontrados nas obras de Allan Kardec (O Livro dos Espíritos, A Gênese, O Livros dos Médiuns, Revista Espírita, O Evangelho Segundo o Espiritismo e Obras Póstumas) no que se refere aos animais direta ou indiretamente.

A nossa intenção ao reunir em um mesmo local várias citações a respeito de animais na codificação é permitir às pessoas que gostam do assunto e queiram estudar a espiritualidade dos animais do ponto de vista do Espiritismo e mais especificamente do ponto de vista do Espírito de Verdade, uma mais rápida busca dos vários enunciados sobre eles. Assim reunidos em um mesmo local, há também maior facilidade em encontrar os tópicos relacionados, além daquele mais conhecido, encontrado no Livro dos Espíritos, intitulado "Os Animais e o Homem".

Cada enunciado é seguido de um comentário explicativo e interpretativo que procura elucidar o tema de maneira simples e objetiva, de modo que qualquer pessoa possa lê-las e entendê-las sem dificuldade.

Com isso procuramos desfazer as dúvidas sobre este assunto que, por causa do orgulho humano, que não querer admitir que não estamos sozinhos no universo e que há outros seres inteligentes e sensíveis ao nosso lado, ainda provoca polêmicas e discussões infrutíferas entre as pessoas, que usam argumentos não doutrinários, sobre a espiritualidade dos animais, como se fossem conceitos espíritas, sem o serem.

Nesta reunião de argumentos do Espírito de Verdade encontramos que os animais têm alma; que o Espírito do Homem já foi o de um animal e até de um vegetal; que os animais são inteligentes; são sensíveis; que ao desencarnarem não perdem a sua individualidade; que alma-grupo não existe; que evoluem como nós e chegarão algum dia à condição de arcanjo; que eles reencarnam; que podem ser médiuns, entre outras informações úteis e surpreendentes.

"'Quando nos referirmos a animais, na maioria das vezes, estaremos nos referíndo ao espírito encarnado em corpos anímais." Do mesmo modo em que ao nos referirmos a homens ou humanos, estaremos nos referíndo ao espíríto encarnado na fase de humanidade e não aos como seres físicos.


autor do livro:Marcel Benedeti


bjs,


Nenhum comentário: