14.11.10

PROGRESSÃO DA ALMA ANIMAL III



Na infância da Humanidade, o homem só aplica a inteligência à cata do alimento, dos meios de se preservar das intempéries e de se defender dos seus inimigos. Deus, porém, lhe deu, a mais do que outorgou ao animal, o desejo incessante do melhor, e é esse desejo que o impele à pesquisa dos meios de melhorar a sua posição, que o leva às descobertas, às invenções, ao aperfeiçoamento da Ciência, porquanto é a Ciência que lhe proporciona o que lhe falta. Pelas suas pesquisas, a inteligência se lhe engrandece, o moral se lhe depura. As necessidades do corpo sucedem as do espírito: depois do alimento material, precisa ele do alimento espiritual. E assim que o homem passa da selvageria à civilização. (O Evangelho Segundo o Espiritismo - Buscai e achareis - Cap. XXV - Perg. 2)


Comentáríos: O ser humano depois de passar por todas as fases anteriores de sua evolução, aprendeu tudo o que é necessário para continuar a sua busca pela perfeição. As experiências adquiridas naquelas fases mais primitivas servem, hoje, de parâmetros para desviar-se das más tendências, pois conhece os limites de seus instintos e de sua moral. Desde que saiu daquelas fases primitivas e começou a exercitar sua inteligência, elevou também seu nível moral.


Marcel Benedeti

Os animais aprendem conosco para chegarem ao nosso nível, futuramente.


fonte:Site Comunidade Espírita

bjs,soninha

Nenhum comentário: