9.7.11

E a Vida Continua...

Clique e leia o livro

Décimo volume da série, narra, de forma um pouco diferente da habitual em André Luiz, a encantora e vibrante trajetória de Ernesto, um homem maduro e algo avançado nos anos, e Evelina, jovem e bela mulher.

Adoentados, sem esperaça de recuperação, travam sincera amizade em formosa estância hidromineral.

Apaixonada pelo marido, Caio, Evelina luta contra a morte, batalha que afinal perde, desencarnando na flor da juventude. Ernesto também desencarna. Ambos são internados em grande instituição hospitalar e onde tornam a se encontrar mais tarde.
Sem se dar conta do passamento, mas devido às peculariedades do ambiente e das situações em que vêem envolvidos, Evelina e alguns companheiros passam a suspeitar da terrível realidade...

Estarão mortos, por ventura?

Reencontrando-se com Ernesto, Evelina inteira-se da verdade.

O tempo passa e ela, adaptando-se aos poucos à situação, recomeça, ao lado do querido amigo, uma nova e enriquecedora etapa.

No entanto, tem o coração ainda e apenas para Caio.

Deseja vivamente retornar ao antigo lar, para consolar o marido que julga preso a grande e insuperável dor.

Ernesto também tem algumas tarefas a desempenhar na Crosta, junto à família terrena.
Retornam, então, e Evelina tem amarga e dorida surpresa: seu marido vive feliz com outra mulher, na casa que lhe pertencera. Sofre igualmente outro golpe: descobre, decepcionada, que a moça já lhe era amante desde há muito, desde tempo anterior ao seu desencarne...

De alma nobre e generosa, olvida a própria dor e passa a desempenhar tarefas que lhe são solicitadas por benfeitores espirituais, visando, acima de tudo, solucionar pendências particulares, como o jovem apaixonado suicida, e outras situações envolvendo familiares próximos. Sendo assim, auxilia a muitos, principalmente ao pai.

Ernesto, da mesma forma, trabalha pela felicidade dos seus, ainda na carne. Feliz e refeito, percebe-se a cada dia mais jovem e vigoroso.

Evelina, por sua vez, amadurece gradualmente os traços juvenis.

Finda a tarefa na Terra, e conformados quanto aos afetos ali deixados, percebem que vibra no coração de ambos um sentimento muito além da amizade pura...
Leia! você gostará...
abçs,soninha

Nenhum comentário: